Praça central de Turquel
José Diogo Ribeiro

José Diogo Ribeiro

Professor e Historiador Turquelense

José Diogo Ribeiro por Cónego Manuel Luís

Carta ao Sr. Ministro da Educação Nacional, 1938

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Em 1938 o Cónego Manuel Luís ilustre eclesiástico turquelense, à data ainda padre, enviou uma carta em forma de relatório ao então ministro da educação nacional, descrevendo o currículo de José Diogo Ribeiro, distinto professor turquelense. O objetivo desta carta seria o de o Estado Português reconhecer o elevado valor da vida e obra do professor José Diogo Ribeiro enquanto pedagogo, facto que se viria a concretizar em 1940, dois anos passados desta carta com a atribuição da distinção de “Cavalheiro da instrução pública” ao distinto professor turquelense.

A vida do Cónego Manuel Luís bem como a do professor José Diogo Ribeiro constituiem-se em duas iniciativas de reposição histórica e documental em curso pela Adepart, nas suas tarefas de recolha, preservação e divulgação digital de documentos existentes. Neste caso em particular a ação de um personagem, o Cónego Manuel Luís, cruza-se e impacta com a vida do outro, o professor José Diogo Ribeiro, contemporâneos um do outro com alguma diferença geracional.

Esta carta de 11 páginas, aqui reproduzida na versão manuscrita original, que (até agora) era do desconhecimento do publico em geral,  é um documento histórico de elevado valor para a comunidade de Turquel, como também para toda a região de Alcobaça.

Este documento foi recolhido e restaurado digitalmente pela Adepart no âmbito do projeto “Memórias de Turquel 2020 – 2022”, que visa na medida do possível, preservar o património material e imaterial de Turquel ainda passível de ser recuperado, assumindo-se ainda a necessidade urgente na identificação, restauro e proteção dos documentos existentes e consequente divulgação documental pelos meios digitais. 

Adepart, 02/06/2021

Partilhar este artigo
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

2 respostas

  1. José Diogo Ribeiro está ligado por laços de sangue à minha família materna (minha bisavó Gracinda ).

  2. Diogo José Ribeiro casou com Maria de Jesus Pereira em 05.09.1849 e foram pais de José Diogo Ribeiro (23.05.1850 – 10.11.1943), Gracinda Ribeiro (24.11.1852 – 07.01.1939) e de Rachel do Nascimento Ribeiro (25.12,1862 – 04.11.1941). Conheço um pouco da vida dos filhos José Diogo e Maria Rachel, mas desconheço da vida de Gracinda Ribeiro, de que vi hoje 2 descendentes no portal, como a Srª D. Maria Manuela Galvão de Almeida. O meu avô materno, Joaquim Pereira da Conceição era sobrinho de Diogo José Ribeiro, primo direito dos filhos, ou seja primo de Gracinda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.